Prémio Nacional para o Ensino de Arquitectura, Urbanismo e Arquitectura Paisagista

O prémio de 2020 foi entregue na Oficina de Artes e Ofícios da Fundação Serra Henriques em Porto Brandão.

O vencedor foi o jovem arquitecto Pedro Brito da Universidade de Évora, sob orientação do Professor João Dias Soares, com o projecto "Vila da Fuzeta, entre o Mar e a Terra". 

O prémio ARCHIPRIX distingue anualmente os melhores trabalhos de fim de curso um colectivo de projectos que espelha os desafios e as aspirações de cada candidato, orientador e instituição de ensino.

O Prémio Archiprix Portugal foi instituído em 2012 pela Fundação Archiprix e pela Fundação Serra Henriques, envolvendo de forma plural e independente a Ordem dos Arquitectos, Universidades, Trienal de Arquitectura de Lisboa, Casa da Arquitectura, Docomomo Internacional, Associação de Urbanistas Portugueses e a Associação de Arquitectos Paisagistas.

www.archiprix.pt

O galardão distingue a excelência do ensino português e projecta os jovens arquitectos para o início das suas carreiras profissionais. Para tal, as entidades instituidores e parceiras estabelecem acordos com entidades relevantes na divulgação dos novos talentos da Arquitectura, conferindo-lhes visibilidade internacional e exposição pública privilegiada. Archiprix Portugal enquadra-se na Rede Internacional Archiprix constituída pelos prémios nacionais da Holanda, Espanha, Chile, Alemanha, Turquia, Itália, Índia, Rússia, Balcãs e Europa Central (Áustria, Bósnia Herzegovina, Hungria e Croácia). Faz também parte da rede Archiprix o prémio de abrangência global - Archiprix Internacional.

Membros do Júri Nacional: