Prémio Ibérico de Nova Arquitectura Tradicional

O Prémio Rafael Manzano foi criado em 2012 para o território de Espanha e, em 2017, a Fundação Serra Henriques implementou em Portugal com o Alto Patrocínio do Presidente da República Portuguesa.

Trata-se do maior prémio de arquitectura da Península Ibérica, no valor de cinquenta mil euros.

Entre as muitas obras que realizou em Portugal, podemos destacar o Hotel Six Senses, onde ao longo de mais de 30 anos transformou uma antiga quinta num complexo hoteleiro de prestígio internacional, acrescentando e transformando vários volumes que ligam as estruturas originais, bem como embelezando-as e restaurando-as.

Destaca-se também a Quinta do Pinho, onde realizou um importante trabalho de recomposição e restauro da casa antiga, através da adição de elementos (escadas, alpendres ou vãos) e volumes que respeitam a linguagem arquitetónica local.


The International Network for Traditional Building, Architecture and Urbanism (INTBAU) is a global network dedicated to creating better places to live through traditional building, architecture, and urbanism. INTBAU works under the patronage of the founder, the former Prince of Wales, King Charles III.

O Prémio Rafael Manzano de nova arquitectura tradicional é entendido como uma oportunidade de valorização das singularidades culturais do nosso território e, em 2023, foi atribuído ao arquitecto Luís Rebelo de Andrade pelo seu forte compromisso em preservar as tradições arquitectónicas que moldam a identidade de cada lugar.

A cerimónia teve lugar no Palácio da Cidadela da Presidência da República.

O Prémio Ibérico de Arquitectura Tradicional é organizado pelas delegações de Portugal e Espanha da INTBAU (Rede Internacional para a Arquitectura Tradicional, criada e patrocinada pelo então Príncipe de Gales, Sua Majestade o Rei Carlos III de Inglaterra). O galardão distingue a obra daqueles que mais contribuem para a reabilitação ou construção nova de edifícios e conjuntos urbanos com a utilização de materiais e ofícios de tradição local. A atribuição do prémio deve-se a generosidade da Fundação Richard H. Driehaus e à colaboração da Ordem dos Arquitectos de Portugal.

Todos os seus projetos são excelentes exemplos de como incorporar novos desenhos tradicionais em construções existentes, de acordo com modelos locais e fazendo uso de materiais naturais e locais.


It is so heartening to see the strength of the INTBAU network and its unique ability to draw together such diverse knowledge and expertise in the fields of building, architecture, and urbanism."
H.R.H. The Prince of Wales, 2015

Comemorações do Prémio Rafael Manzano (2012-2023)


A nova arquitectura tradicional

Em pleno séc. XXI, a nova arquitectura tradicional pode ser a resposta às necessidades dos nossos centros urbanos e do território nacional que enfrenta sérios desafios, especialmente na utilização sustentável de recursos em cada região.  É um tipo de arquitectura que aposta no uso de matérias primas e mão-de-obra locais, favorecendo a economia, a fixação de população jovem e a conservação do património cultural.