Arquitectura e Ordenamento do Território

A Arquitectura e o Ordenamento do Território fora dos perímetros urbanos

No início do verão o país foi assolado uma vez mais por incêndios de grandes proporções, com as perdas humanas conhecidas. A Ordem dos Arquitectos tem por missão assegurar a qualificação das cidades e da paisagem e não pode ficar alheia a este problema que ciclicamente afecta o nosso território.

PROGRAMA:

A Fundação Serra Henriques é parceiro institucional da Ordem dos Arquitectos (OA) na organização de dois debates estratégicos nos dias 13 e 14 de Outubro de 2017. O primeiro é dedicado à Arquitectura e o Ordenamento do Território fora dos perímetros urbanos. No segundo dia, e também no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, tem lugar os Encontros da Arquitectura, Urbanismo e Paisagem.


Está em elaboração a proposta de alteração ao Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNPOT), em que participa a OA, sob a coordenação da Direcção-Geral do Território (DGT), que motiva a realização de seminários, preferencialmente através da colaboração entre as diversas entidades da Comissão Consultiva.

A OA propõe-se nesse sentido a organizar 3 sessões de debates, a primeira em Coimbra no dia 13 de Outubro, em parceria com a Associação dos Urbanistas Portugueses (AUP), sob o tema: A Arquitectura e o Ordenamento do Território fora dos Perímetros Urbanos.

Mais do que abordar o diagnóstico estratégico dos problemas, pretende-se discutir a forma de simplificar o processo de operacionalização das soluções, para melhorar a eficácia das medidas de gestão do território. Prevê-se que já em 2018 decorra uma segunda sessão no Porto sobre a implementação da Política Nacional de Arquitectura e Paisagem, em parceria com a Associação Portuguesa dos Arquitectos Paisagistas (APAP), e a terceira em Lisboa, igualmente com o apoio da DGT, no âmbito do Ano Europeu do Património.